A Cura da Calvície é Verdade ou Mentira? [ Matéria Completa ]

A calvície (ou alopecia androgenética) é um problema que, atualmente, vem incomodando muitas pessoas e o que muitos se perguntam é se existe a cura da calvície.

É sempre bom lembrar que é comum a perda diária de alguns fios de cabelos, sem que isso signifique algum prejuízo para sua saúde ou aparência.

A calvície ou alopecia é definida como um alteração autoimune, que é resultado de uma combinação de condições ambientais ou genéticas.

A alopecia se caracteriza pela perda acentuada e progressiva de fios de cabelos, na qual se observa que a quantidade é bem maior do que aquela que se perdia diariamente.

Ela pode ser detectada se você observar, por exemplo, uma grande quantidade de fios na fronha do seu travesseiro, na escova de cabelos ou nos ralos do box após o banho.

Este problema tem aumentado consideravelmente tanto entre homens como mulheres e as causas são derivadas de vários fatores, que vão desde questões como a genética até o estresse, que ficou tão comum nos dias de hoje.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), 50% da população masculina (até 50 anos) é atingida pelo problema da calvície de algum tipo. E o mais interessante é que estes homens estão na faixa etária entre 15 e 40 anos.

Para ter certeza se você está mesmo tendo um problema de calvície o ideal é consultar um especialista que fará uma análise e poderá confirmar (ou não) este diagnóstico.

Então, se você está interessado em saber um pouco mais sobre a cura da calvície, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre esse assunto logo a seguir.

E então, a calvície tem cura?

Tratamentos para curar a calvície

A resposta para essa pergunta é: não. No entanto, o fato é que existem formas de deter ou retardar o processo, com tratamentos que vem se tornando cada vez mais eficientes.

O que acontece é que não se pode dizer que esses tratamentos são uma cura, afinal, quando você parar de tratar o problema, ele irá voltar.

O problema da calvície é muito debatido e estudado e existem diferentes técnicas, que surgem na promessa de combatê-la de uma vez por todas.

O que não podemos esquecer é que, até o momento, não existe cura para a calvície, mas muitos tratamentos que podem retardar, controlar ou frear o processo.

No entanto cada indivíduo pode ter resposta diferente ao mesmo tratamento e é por isso que cada caso é um caso. Mais do que isso, dependendo da causa, cada um pode ter um resultado diferente.

A cura da calvície depende da causa?

Como já dissemos, até o momento não existe cura para a calvície, mas a verdade é que sim, a causa pode ser usada como prevenção.

Por exemplo, nos casos de calvície hereditária, que são os mais comuns, se já existe o histórico familiar, você pode ficar mais atento aos sinais e nos primeiros sintomas procurar um dermatologista.

Isso sem falar na possibilidade de agir de forma preventiva para minimizar os fatores de risco principais.

A calvície tem cura? Não, mas tem tratamento!

Embora a cura ainda não exista, muitas opções são oferecidas para quem passa por este problema. Assim, temos desde medicamentos, laser e até cirurgias de implante.

Como já foi explicado, o melhor tratamento vai depender do seu caso e de quanto você está disposto a investir também.

A calvície não é uma doença que oferece grandes problemas físicos, não são registrados relatos de dor ou sofrimento físico. Em alguns casos (bem raros) pode haver irritação da pele, causando um desconforto.

O problema é que esta doença resulta em impactos psicológicos negativos como depressão, ansiedade e baixo autoestima, que podem acarretar problemas físicos.

Todos sabemos que um cabelo volumoso e saudável dá um aspecto de jovialidade à pessoa e que, ao contrário, a perda e o enfraquecimento dos cabelos dão uma aparência de envelhecimento.

Todos desejam ter um cabelo brilhoso, volumoso, com aquela aparência saudável que vimos nas propagandas de shampoo.

Tendo em vista que a calvície pode trazer tantos transtornos para quem lida com o problema, muitos investimentos são utilizados em pesquisas tanto para diagnóstico quanto para amenizar os seus sintomas.

O mais importante é obter um diagnóstico preciso. Dermatologistas relatam que já atenderam pacientes muito preocupados com a calvície e que após investigação clínica constataram que era apenas uma carência de vitaminas.

Caso realmente haja um diagnostico de calvície, fique sabendo que as ofertas de tratamento são inúmeras. No entanto, o mais importante é procurar a solução mais indicada para o seu caso especificamente.

Tratamentos para calvície

Formas de tratar a calvície

A perda de cabelos tem causas variadas e é por isso que não é possível garantir que todos obtenham o mesmo resultado no tratamento. Sendo assim, é importante fazer o tratamento específico e individualizado.

A dica antes de investir num tratamento para calvície, é que é muito importante um diagnóstico adequado, para saber a raiz do problema.

Os tratamentos oferecidos vão desde produtos naturais, até cirurgias com implantes que atualmente oferecem técnicas avançadas com excelentes resultados.

Não temos ideia de quantos pesquisadores trabalham com a finalidade de ajudar quem sofre de calvície.

Pronto, agora você já sabe que não existe a cura da calvície, mas que existem muitos tratamentos para ajudar a resolver esse problema!

NOTÍCIA INÉDITA
Cápsula com fórmula revolucionária que promete pôr um fim definitivo na calvície e recuperar os cabelos perdidos chama a atenção dos homens de todo o Brasil. ⇒ CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA  

Deixe Seu Comentário