Finasterida Funciona? [ O que é, Para que Serve e Como usar ]

A Finasterida é um medicamento que divide opiniões e é por isso que hoje vamos falar sobre alguns mitos e verdades a respeito do produto, a fim de entender melhor como ela funciona.

A queda de cabelos é um problema que não implica em uma condição mais séria de saúde. No entanto, o problema causa um grande impacto estético, podendo afetar negativamente a autoestima e a autoconfiança masculina.

Para quem não sabe, a Finasterida é um dos medicamentos mais utilizados para o tratamento da queda de cabelo masculina. Ele também é utilizado no tratamento do câncer de próstata e pode ser encontrado de uma forma relativamente fácil em farmácias físicas e online.

No entanto, o que acontece é que atualmente existem muitos pontos que podem ser considerados positivos no seu uso, além de algumas polêmicas relacionadas ao medicamento.

Então, se você está mesmo interessado e quer saber um pouco mais sobre a Finasterida, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber sobre o assunto.

O que é a Finasterida?

Finasterida funciona

Para quem ainda não conhece, a Finasterida é um medicamento que está disponível no mercado brasileiro desde 1998, sendo um dos medicamentos mais conhecidos e utilizados no tratamento da calvície masculina.

Mais do que isso, é importante lembrar que ele é indicado tanto no tratamento da queda de cabelo genética quanto nos casos hormonais, contribuindo para a recuperação de áreas calvas.

Em seu princípio, a Finasterida foi desenvolvida para o combate ao câncer de próstata. No entanto, os paciente passaram a relatar um aumento no seu volume e crescimento de cabelo.

Dessa forma a ANVISA passou a registrar que o remédio também poderia ser utilizado para o combate à calvície, com uma diferença de dosagem, claro, sendo de 5mg para o câncer de próstata e 1mg para calvície.

Mitos e verdades sobre a Finasterida

Finasterida preço

Pois bem, se você já pensou em usar a Finasterida para combater a queda de cabelo, certamente já se deparou com um monte de histórias e relatos que são assustadores, embora nem sempre sejam verdadeiros.

Então, vamos conhecer alguns mitos e verdades a respeito da Finasterida:

  • Tomar apenas 1mg é suficiente

Verdade! A Finasterida no tratamento da queda de cabelo tem uma dosagem fixa que independe do estágio ou grau de queda de cabelos, sendo possível escolher o momento para dar início ao uso da medicação.

No entanto, é sempre essencial que um médico especialista faça uma avaliação correta, considerando cada caso individualmente, bem como a realização de exames periódicos de acompanhamento para conferir as taxas metabólicas do paciente.

  • Finasterida funciona controlando as glândulas sebáceas

Verdade! Cientistas suíços realizaram estudos que comprovaram que a queda de cabelos é causada por ataques fúngicos que ocorrem ao couro cabeludo, bem como por bactérias.

Nesse caso, os homens são os mais atingidos pelo problema por causa dos elevados níveis de hormônio testosterona, transformando a região do couro cabeludo no ambiente propício para a proliferação dos mesmos.

Já o excesso de gordura é outro prato cheio para bactérias, portanto, combater o excesso de sebo é essencial, o que torna a Finasterida muito indicada.

  • A ação do medicamento é muito eficiente

Depende! Dizer se essa informação é mito ou verdade depende muito da interpretação de casa pessoa sobre o que é rápido ou o que é demorado.

No entanto, a verdade é que os resultados já podem ser notados a partir do terceiro mês de uso. Mais do que isso, o tempo pode variar de acordo com a resposta individual do organismo de cada paciente.

Isso porque cada pessoa reage de uma forma diferente a um tratamento. Assim, ao passo que algumas pessoas conseguem apenas mantes os cabelos já existentes, outras conseguem ainda recuperar uma boa parte dos danos já causados.

  • Finasterida acaba com a queda de cabelo mais causa impotência sexual

Mito! O inegável é que sim, a finasterida pode ocasionar uma perda da libido, que consequentemente pode se expressar na dificuldade de ereção ou não, afinal, não é fácil ter uma ereção quando não se tem desejo sexual.

Mais do que isso, abaixa da libido não é uma condição que aparece em todos os pacientes e, quando acontece, o problema pode ser recuperado através da suspensão do tratamento. Dessa forma, quando parar de tomar a Finasterida, o desejo retorna ao normal.

Segundo dados, a diminuição da função erétil é algo em torno de 1,3% enquanto a diminuição ad libido é algo em torno de 1,8%. Isso não é nada significativo e nem irreversível.

  • Só homens podem usar Finasterida

Verdade! Embora a calvície também ocorra em mulheres, o tratamento com Finasterida é indicado apenas para o público masculino. Isso porque o medicamento é teratogênico, ou seja, se a mulher vier a engravidar no uso, o bebê vai nascer com má formação.

Por isso o seu uso é completamente contraindicado para todas as mulheres que se encontrem em idade fértil, mesmo quando não há intenção de engravidar.

Por fim, lembre-se que a Finasterida não pode ser comprada sem receita médica e que o acompanhamento de um profissional é essencial para garantir segurança e bons resultados.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a Finasterida para a queda de cabelo!

NOTÍCIA INÉDITA
Cápsula com fórmula revolucionária que promete pôr um fim definitivo na calvície e recuperar os cabelos perdidos chama a atenção dos homens de todo o Brasil. ⇒ CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA  

Deixe Seu Comentário