Queda de Cabelo em Crianças [Veja as Causas e Tratamentos]

Embora sejam casos muito raros, o problema de queda de cabelo em crianças, pode ocorrer. Fique atento, se isto ocorrer, pode ser um sinal de alerta para outras doenças.

Quando isto ocorre é natural que os pais fiquem preocupados. É indicado procurar um especialista da área para investigar os sintomas, até chegar ao diagnóstico, as causas e o tratamento.

As causas para a alopecia infantil também são várias e podem ser: febre muito alta, desnutrição (aguda), traumas, causas congênitas, causas psicológicas, infecções causadas por fungos, micoses, doenças como lúpus, desequilíbrios hormonais e metabólicos, entre outras.

Crianças que são submetidas a tratamentos muito agressivos (quimioterapia por exemplo) também estão sujeitas a queda acentuada (ou até mesmo total) dos cabelos, mas é uma situação temporária.  É um efeito colateral do tratamento que deve ser avisado pelo médico responsável pelo tratamento.

Por que ocorre a queda de cabelo em crianças?

Queda de cabelo em crianças como tratar

Antes de tudo você precisa saber que é normal perder uma quantidade de fios diariamente (em torno de 100 fios).

Esta perda é um processo fisiológico natural do ciclo capilar. É um ciclo que se repete durante a vida. Esta perda se torna mais comum durante algumas fases da vida como por exemplo na fase de bebê, que ocorre por fatores hormonais.

Quais as causas da queda de cabelo em crianças?

sintomas da queda de cabelo em bebês

Como já dissemos as causas são variadas e podem ocorrer em etapas diferentes da vida da criança.

  • Recém-nascidos

Os bebês nascem com uma “penugem” que normalmente cai até os 6 meses. Esta queda é normal e gradual. Ocorre devido a concentração (que é alta) de hormônios que ele recebeu da mãe. Após o nascimento esta quantidade de hormônios diminui ocasionando a queda.

Outro fator que favorece a queda de cabelo do bebê é que ficam bastante tempo deitados.

  • Transição Alimentar

Toda mudança alimentar, da amamentação para a comida sólida, por exemplo, pode trazer alterações na vida do bebê.

Na fase da amamentação por exemplo, quando a mãe tem boa alimentação e saúde, o bebê recebe todos os nutrientes necessários.

Quando passa para a próxima fase da alimentação, pode ocorrer a falta de algum nutriente que seja indispensável para o seu desenvolvimento. A longo prazo essa deficiência pode levar a queda de cabelos desta criança.

É muito importante que a criança seja acompanhada pelo pediatra que vai monitorar seu crescimento e prevenir qualquer dano para sua saúde.

  • Perda de cabelo transitória

Um fator que pode influenciar as condições do cabelos são as estações do ano. No verão pode ocorrer uma aceleração do crescimento, assim como no inverno pode acentuar a queda. É um processo transitório e não deve ser motivo para preocupação.

  • Perda de cabelo por tração

Assim como nos adultos a tração pode ser motivo para queda de cabelo em crianças. As mães que gostam de prender e fazer penteados nas pequenas tem de ter cuidado nesta hora. Prender muito apertado, durante muito tempo e muito forte pode deixar os fios fragilizados e podem vir a cair por este motivo.

Outra causa também podem ser os bonés e chapéus usados por muito tempo, que impedem os fios de respirar como precisam para manter a saúde dos cabelos e evitar a queda.

  • Perda por dermatite

É um problema bem comum entre as crianças. A dermatite seborreica se caracteriza pela coceira, escamação e eritema. Neste caso consulte o especialista para investigar a causa e orientar o tratamento.

  • Queda por alteração química

A queda dos cabelos pode também ser um sinal que existe alguma alteração química ocorrendo. Esta alteração pode estar causando um processo alérgico resultante de algum alimento como por exemplo; leite de vaca, lactose, glúten entre outros.

  • Queda por reação química

Crianças e bebês devem usar somente produtos próprios para a idade. Estes produtos são elaborados com ingredientes específicos, suaves, com a combinação adequada para a finalidade.

Um produto não apropriado para a criança pode causar uma reação química indesejada e resultar na queda do cabelo.

Use somente produtos testados e aprovados indicados para a criança.

  • Deficiência nutricional

Para manter nossa saúde, precisamos de equilíbrio no nosso organismo. Carência de vitaminas, ferro, zinco entre outros, podem causar a queda de cabelos. Anemia (deficiência de ferro) é uma causa bem comum de queda de cabelos entre as crianças.

Qual o tratamento para a queda de cabelo da criança?

Em primeiro lugar os pais devem estar atentos para perceber se a quantidade de cabelos que a criança está perdendo é fora do normal.

Se perceber que a quantidade está além do normal, que existe “falhas” no couro cabeludo, deve procurar um especialista.

É sempre prudente buscar ajuda quando surgirem os primeiros sintomas para que a criança receba o tratamento adequado.

Quanto mais cedo você obtiver o diagnóstico, melhor. O tratamento para queda de cabelo vai estar relacionado a causa e pode ser mais simples do que você imagina.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre a queda de cabelo em crianças e pode ficar atenta à esse problema sério!

NOTÍCIA INÉDITA
Cápsula com fórmula revolucionária que promete pôr um fim definitivo na calvície e recuperar os cabelos perdidos chama a atenção dos homens de todo o Brasil. ⇒ CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA  

Deixe Seu Comentário