Queda de Cabelo na Amamentação e Pós Parto [ Tratamentos ]

Não é incomum que as mulheres acabam se assustando com a queda de cabelo na amamentação e no período pós-parto. O fato é que normalmente se inicia uma queda de fios bem acentuada, que pode acabar deixando a mulher preocupada.

Quem está passando por isso, deve estar se acostumando a ver uma grande quantidade de cabelo no travesseiro ao acordas, outra grande quantidade de cabelos agrupados no ralo depois do banho e mais um monte que se espalham pelos cantos da casa. É um descontrole total!

O fato é que esse é um período de muitas mudanças e ninguém quer ter que ficar se preocupando com os cabelos, quando a vontade é dar toda a atenção somente para o bebê.

No entanto, o mais importante é entender um pouco melhor esses quadro para saber como agir, o que fazer e até mesmo compreender o porquê disso estar acontecendo.

Então, vamos conhecer um pouco mais sobre o assunto e desvendar a queda de cabelo na amamentação.

Entendendo a queda de cabelo na amamentação

Queda de cabelo na amamentação como tratar

Muita gente atribui a queda de cabelo às alterações hormonais que ocorreram durante a gestação, criando a ideia de que os cabelos estão caindo muito.

No entanto, a verdade é que o problema acontece mesmo porque os hormônios, que estavam completamente elevados e alterados durante a gestação, agora estão voltando aos seus níveis normais no organismo.

Dessa forma, os cabelos se veem obrigados a voltar para o seu ciclo normal, podendo gerar uma grande queda.

No entanto, o fato é que nada disso é motivo para alarme, afinal, é um processo natural que acontece durante o período de amamentação.

De uma forma geral, todas as pessoas perdem cerca de 100 a 125 fios de cabelo por dia e isso faz parte do processe de desenvolvimento capilar.

No entanto, durante a amamentação a mulher pode apresentar uma queda de até 500 fios por dia, o que é bastante.

Certamente você notou que durante a gestação os cabelos estavam mais brilhosos, fortes, macios e caindo menos, não é mesmo?! Isso se deve à maior quantidade de hormônios no corpo.

No entanto, quando eles voltam a diminuir e assumir níveis normais, os cabelos tendem a voltar a cair, inclusive todos aqueles que não caíram durante a gestação.

Pode parecer estranho, mas é um processo natural, normal e que não vai deixar você careca, apenas com os cabelos um pouco mais ralos.

Como amenizar a queda de cabelo na amamentação

Mesmo sendo um processo natural do organismo, existem algumas dicas e cuidados que podem ajudar a atenuar a queda de cabelo na amamentação. Isso é importante, afinal, é um momento de muitas mudanças físicas e é importante que a mulher esteja contente com sua aparência, fortalecendo sua autoestima.

Então, vamos ver algumas dicas que podem ajudar muito a controlar a queda dos fios nesse período de aleitamento:

  • Tenha mais cuidado

A queda de cabelos é normal, como já falamos, mas o que se pode fazer é achar formas de minimizá-la ao máximo. Isso porque a fragilidade dos fios faz com que seja necessário ter ainda mais cuidado com eles.

Lembre-se que a lavagem não precisa ser diária, a escova deve ter cerdas macias e bolinhas na ponta, a toalha da secagem deve ser maciam e você deve sempre apertar os cabelos com ela, nunca esfregar.

  • Alimentação

Muito da nossa saúde começa pela nossa alimentação e com a queda de cabelo na amamentação não é diferente. O fato é que os cabelos são formados por proteínas, então, o mais sensato é apostar em alimentos ricos em proteínas para fortalecer os fios.

Mais do que isso, aposte em alimentos com vitamina A, que tenham ferro e também zinco. Uma boa dica é preparar sucos fortificados, usando frutas para torná-lo mais nutritivo, além de ajudar a melhorar a saúde como um todo.

Tratamento da queda de cabelo na amamentação

Queda de cabelo após ter bebê

Além dessas estratégias para suavizar o problema de queda de cabelo na amamentação, é importante ter também um tratamento adequado para o problema. Isso vale especialmente para os casos em que não se nota melhora, que o problema persiste por muito tempo ou que o cabelo começa a apresentar falhas.

O mais indicado é sempre contar com o acompanhamento de um médico pois somente ele poderá dizer se a queda está dentro dos parâmetros normais ou se é preciso uma nova abordagem.

Mesmo que você esteja em dúvidas se a queda é normal ou está exagerada, é sempre bom contar com a opinião de um profissional.

Caso o problema esteja realmente fora do esperado, o médico pode sugerir uma grande variedade de abordagens, que vão desde o uso de vitaminas, até remédios para queda de cabelo e loções de uso tópico.

O mais importante de tudo é ser muito honesta na consulta a respeito dos seus hábitos alimentares, cuidados com o cabelo, hábitos e outros detalhes que podem ser decisivos para um diagnóstico preciso.

Fora isso, não há motivo para se preocupar, visto que a queda de cabelo na amamentação é um processo natural e tende a se resolver sozinho mesmo!

Deixe Seu Comentário