Sinais de Calvície em Homens e Mulheres [ Veja os 7 Fatores ]

Se você está aqui porque quer conhecer um pouco melhor os sinais de calvície, pode ter certeza de que você está no lugar certo.

A calvície é um problema que afeta bem mais os homens, porque a queda dos fios de cabelo está relacionada ao funcionamento dos hormônios masculinos, principalmente a testosterona.

Nas mulheres, os problemas de calvície são menos comuns e menos drásticos, mas ainda sim podem acontecer.

Uma pessoa perde normalmente de 100 a 150 fios de cabelo diariamente, sendo esse um processo natural de renovação capilar.

Nem toda perda de cabelos é sinônimo de calvície. Por isto é preciso estar atento às causas da perda pois, dependendo do motivo, pode ser temporária e reversível.

A queda dos fios pode ser provocada por carência nutricional, desequilíbrios hormonais, medicamentos que produzem este efeito colateral, estresse, doenças autoimune entre outros.

Então, se você está querendo saber um pouco mais sobre os sinais de calvície, continue lendo e descubra tudo o que você precisa saber.

O problema de não estar atento aos sinais de calvície

Sinais de calvície em homens

Ficar “careca” é uma situação muito mais temida entre os homens do que se possa imaginar e pode ter um grande impacto sobre a sua autoestima.

Pesquisas sobre o assunto indicam que 70% dos homens que se tornam calvos, perdem a autoestima e a autoconfiança. Com aqueles que são extremamente preocupados com a aparência, podem surgir até mesmo casos mais graves, como por exemplo, a depressão, que é algo muito sério.

Então a solução é ficar de olho na saúde dos seu couro cabeludo e cabelos.

O problema é que a calvície é silenciosa e lenta. Por isso na maioria dos casos ela só é percebida quando chega a 40% de perda capilar.

Isso porque quanto o problema é diagnosticado precocemente, as chances de sucesso do tratamento são infinitamente maiores.

Por isso, é essencial estar atento aos sinais de calvície para poder iniciar um tratamento imediatamente a fim de deter a evolução ou conseguir a regressão do problema

Afinal, quais os sinais da calvície?

Vamos ver alguns sinais que você pode observar antes que isto aconteça:

  • Fator genético.

Uma das maiores causas da calvície é a genética. Se você já tem pais, avós ou familiares próximos que são calvos, fique atento.

Ao contrário do que se pensa, a calvície pode apresentar sinais bem cedo (entre 18 e 25 anos).

A Alopecia (calvície) androgenética é hereditária e pode vir dos dois lados da família.

Mas você não precisa aceitar esta herança genética. Fique atento aos sinais. Qualquer indício de queda fora do normal, procure um especialista da área (dermatologista) e você poderá receber orientação de como prevenir a calvície.

  • Saúde dos fios

A saúde dos fios é extremamente importante, afinal, quem não quer um cabelo brilhoso e cheio de vida?

Observe a aparência, o brilho, a textura e a vivacidade dos fios do cabelo. Qualquer alteração como por exemplo afinamento, aparência opaca, falta de vivacidade (fio saudável), pode ser indício de um processo inicial de calvície.

  • Volume do cabelo

A diminuição do volume dos cabelos é mais um dos importantes sinais de calvície, pois mostra que você está perdendo os fios além do normal ou que eles estão afinando. Observe quando você penteia ou lava os cabelos se a quantidade é sempre a mesma.

  • Queda dos fios

Este é mais um dos sinais de calvície que indica que o processo está em andamento.

Também é fácil ficar atento e observar a quantidade de fios que ficam na sua escova de cabelos após pentear, na fronha do seu travesseiro, no ralo do chuveiro quando você lava os cabelos.

Uma dica importante é observar o tamanho dos fios. Fique atento se os fios que estão caindo são pequenos e mais finos.

  • Falhas no couro cabeludo

Este sinal é mais bem observado quando o cabelo está molhado. Quando o cabelo estiver molhado vão aparecer mais facilmente as falhas no couro cabeludo, onde os fios estarão ralos (escassos). Utilize dois espelhos para poder ver a parte de trás da cabeça e verificar se houve perda acentuada de fios nesta região.

  • Doenças do couro cabeludo

Se o couro cabeludo apresentar qualquer sinal de doença, a perda dos fios é questão de tempo. Nem todo problema no couro cabeludo indica calvície, mas algumas doenças estão ligadas.

Qualquer sinal de problema no couro cabeludo, tais como caspa, coceira, ardência, vermelhidão, produção excessiva de oleosidade, dermatite seborreica e outros, a indicação é procurar um dermatologista para que não progrida para uma situação mais seria como perda irreparável dos fios.

  • Situações adversas

Se você está passando por uma situação fora da sua rotina, como por exemplo, tratamento para algum problema de saúde, como tratamento quimioterápico, estresse emocional, trauma (como a perda de um familiar, separação, falência), uso de produtos químicos (alisamento, progressiva etc), pode ocorrer um queda acentuada dos fios de cabelos, mas cada caso deverá ser visto de acordo com a necessidade.

Além de observar os sinais de calvície, você pode também evitar os produtos químicos, exposição demasiada ao sol, sem proteção (chapéu ou boné), cabelos presos (coque, rabo de cavalo e etc,) por um longo tempo, excesso de uso de secador de cabelos e chapinha, tudo isto agride e prejudica a saúde dos folículos capilares.

Pronto, agora você já sabe um pouco mais sobre os sinais de calvície e já pode ficar atento para o problema!

NOTÍCIA INÉDITA
Cápsula com fórmula revolucionária que promete pôr um fim definitivo na calvície e recuperar os cabelos perdidos chama a atenção dos homens de todo o Brasil. ⇒ CLIQUE AQUI E VEJA A MATÉRIA COMPLETA  

Deixe Seu Comentário